terça-feira, 28 de outubro de 2008

Mundo


Mundo, pobre mundo
Mundo...abrigo de Reis,de tolos,de gênios e vagabundos.
Mundos diversos constituem meu mundo,
Mundo da moda,mundo da mídia...
Mas o Mundo dá voltas...

Maior do que todos os mundos é a arrogância, a ganância e a petulância
que se expressa em seus habitantes...
Melhor dizendo, parasitas...sujos,lamentáveis,degradantes.
Muitos miseráveis, mendigando sonhos...sonhos de vitória.
Medíocres e medonhos...é,que mundo tristonho.
Maior vontade não há, que cresça nos homens, que sua própria glória...

Mesmo que, de todo o mundo, seja ele a maior escória
Mesmo que todos desconheçam a felicidade
Mascaram a crueldade com flores tão belas quanto a divindade
Minha nossa!
Meus caros...me julguem com cuidado,
Minha altivez, mesmo que sem vontade, é só um compromisso com a verdade.

Moda, mídia, capitalismo, compromisso...
Meu mundo é só isso!
Muitas vezes me mordo de raiva...pois ninguém mais vê o que eu vejo,
Mais cegos e mais tolos são os humanos a cada dia que passa
Mastigando e aplaudindo a farsa.
Mudando do vinho da taça para a água da poça no chão sujo de sangue.
Mágoa, sofrimento, dor, destruição, horror, sangue da própria raça.
Meu deus...o homem é um cão de caça!

Me cansei de ser um ator, não é esse o meu papel
Me cansei de seguir passos pequenos, de buscar o caminho do céu
Mostrarei que a vida é mais do que uma corrida
Minha linha de chegada é menos árdua e sofrida...
Matéria, onda, luz e vida...
Mistério é como, por mim são definidas.

Meus amigos me chamam de ingênuo, surrealista, tolo e louco...
Mal sabem eles que sou funcionário da verdade, e sobre isso, sabem eles muito pouco.
Meus sonhos me trazem noticias, de um futuro nem tão distante..
Me mostraram um fogo sufocante, um frio arrepiante, uma enorme serpente e um oceano fervente.
Me mostraram o fim dessa gente...Desse caos, dessa deturpação.
Mas plenamente consciente, no controle do cosmo, na vigésima dimensão.
Mudarei o curso da expressão, sempre com uma mão na mente e outra no coração.

Mundo...Se prepare, mude, antes que meu coração dispare e de tanto desgosto ele pare...
Mandarei que comece a ignição do recomeço despertado, e todo o passado...ao vento será jogado!

Nenhum comentário: