terça-feira, 28 de outubro de 2008

O possível finito virtual


Quando olho pra mim mesmo, como não sendo apenas um reflexo
E me vejo caminhando nessa estrada do nada complexo que é a vida
Imagino, por que estamos nessa corrida?
Tudo é disputa, tudo é luta,desde um esperma lutando pela consciência
Até um mendigo homem que luta pela sobrevivência
E se houver vencedor, ou mesmo se não houver, sempre haverá os demais perdedores.
A placa na minha estrada indica " Liberdade absoluta"
Então percebo que estou quase só,nesta luta

Antes só, do que mal acompanhado.
De que adianta companhia se eles me levarem no caminho errado?
Quando eu chegar ao encontro da minha essência
Sei que nada fará sentido nessa minha atual existência
Mas durante essa jornada haverá fortes barreiras do suposto mundo "real"
E até lá precisarei ser objetivo e usar com sabedoria, as forças do bem a até mesmo do "mal" natural.
Felizmente estou muito bem armado
Minha fome por verdade é tão grande, que maior do que o "Eu", nem mesmo a infinidade.

Venha amigo,saia daí, venha comigo nessa viagem pela consciência e descubra
o que é ser, descubra o que nem mesmo está coberto e o que nem ao menos existe.
Venha comigo, você irá ver como a "vida" no mundo é pequena e triste.
Venha e seja,veja,veja e seja o que você deseja ser
Livre de ordens, "ismos", crenças e mandamentos "sagrados"
Não há mais nada pra crer, agora você é livre e pode saber.
Saiba! Basta você querer
Agora você tem esse poder

Esqueça seus antigos valores podres, suas dores ,seus temores e crie o seu espaço universal divino
Coberto de ouro, luz ou flores.
São apenas possibilidades, nada são verdadeiramente, no seu universo de infinidades
Cresça sempre, alimente sua mente
Possibilite o impossível e logo transformaremos a vida comum em algo belo, mais do que banal existência.
Explore seu potencial!
E bem vindo ao infinito impossível Real!

Nenhum comentário: