terça-feira, 28 de outubro de 2008

Saudade de você


Saudade de você
Saudade do seu cheiro
Da sua pele de bebê
De degustá-la o dia inteiro

Saudade dos seus beijos,
Do nosso contato, rolando na cama
Trocando desejos,
Você dizendo que me ama

Saudade, saudade

Pra saudade faço um apelo,
Quero de volta tudo aquilo
O teu rosto, o cheiro do teu cabelo
Minha língua em seu mamilo,

Teu calor, teu fogo, teu amor

Saudade de tudo, do seu grito custoso
Dos seus olhos frente aos meus
O coração agora quase mudo, silencioso
E eu sequer tive a chance de um adeus

Amor assim, bom de mais e à curto prazo
É prazeroso até demais, a alegria grita até cansar
Depois resta o ápice do arraso
Do adeus que não pude dar.


Maurício Tovar Junior

Nenhum comentário: