domingo, 19 de julho de 2009

Love



Plantar amor
Mesmo que eu não venha a colher
Um dia, alguém o colherá

E quando o verdadeiro sol se pôr,
Que meu coração saiba a escolher
Aquela que o merecerá


Maurício Tovar Junior

2 comentários:

simplesmente curando disse...

OI MENINO, AS POESIAS ESTÃO BELAS COMO SEMPRE, EU RECEBI UM SELO NO MEU BLOG RECONHECENDO O CONTEÚDO DELE ,E PASSAR ELE PARA CINCO BLOGS E CLARO ESCOLHI O SEU PORQUE EU ADORO O CONTEÚDO DE SUAS POESIAS,O SELO ESTÁ NO MEU BLOG, UM BEIJÃO

Silvana Nunes .'. disse...

Olá, boa tarde.
Sou professora, pesquisadora e contadora de histórias.Vivo de blog em blog angariando leitores e tentando divulgar o meu pelo simples fato de perpetuar a história de meu país - tenho medo que ela seja engolida por toda essa globalização.
Se gostar de meu esdpaço e achar minha proposta coerente, por favor SIGA-ME nesta luta por um mundo melhor.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... está convidando para conhecer uma lenda bastante contemporânea - a do pássaro-cabeça-de-vento.
É só clicar no link http://www.silnunesprof.blogspot.com que você chega até lá rapidamente.
Gostaria que tivesse um pouquinho mais de paciência comigo, estou com alguns probleminhas para resolver: preciso de um novo exame de vista e de um monitor novo, o meu está meio embaçado, já tentei regular, mas o problema está com ele mesmo, tenho de comprar outro. E agora não me encontro em condições disso - só eu sei o sacrifício que faço para postar as histórias.
Se já passei por aqui, mil perdões. Como disse, a falta dos meus óculos e esse monitor com problemas não me deixam enxergar direito.
Que os bons ventos soprem a seu favor neste ano de 2010.
A PAZ .
Saudações Florestais !