quinta-feira, 20 de maio de 2010

Você por perto


Passei muito tempo pensando em ti,
querendo te dizer a verdade,
mas por medo ou imaturidade,
não demonstrei o que senti.

Linda, meiga, sensível,
merecedora de todo o amor do mundo.
Mas para esse mero vagabundo,
esse amor não se fez plausível.

Ao meu lado, entre os poucos luares,
captei novas mensagens.
Aprendi contigo a lançar novos olhares
sobre as mesmas velhas paisagens.

Eu não quis te querer,
mas adoro sua companhia,
e ainda tenho algo a oferecer.
Em amizade, o prazer da nostalgia

É bom sentir o certo,
e criar pra nós, um novo universo.
E ,a Deus, tudo o que peço
é pra ter você por perto.



Maurício Tovar Junior

2 comentários:

ahnizos disse...

Gostei do teu espaço. Obrigada por passares pelo meu.
Os poemas são da tua autoria?

gaioladoseus disse...

Obrigado eu. Sim são de minha autoria!