quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Falando de Amor



Tentei em vão, falar a ti sobre o amor,
dizer que ele desfaz contendas,
que dá sentido ao trivial e não exige oferendas.

Que caminha só e coletivamente,
aniquilando orgulho e a vaidade,
porque é o conjugue mais próximo da verdade.

Na humana cena ,
mostrou-me todo o esplendor,
como aquele, manifestado no Cristo Redentor.
Tu não ouviste a minha "tagarelice".
Não tem importância,
O amor agora falará por mim.



Maurício Tovar

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Sentido


O amor que sinto por ti
é imensurável, é mágico.
O maior dos sentimentos que já vivi,
despertou vida em meu coração estático.

É passado, presente e futuro,
é abstrato e também concreto,
é a luz que surge no escuro
de nossas almas em contato direto.

O passado já não importa
sou espírito resiliente,
é bastante simples fechar as portas,
de um templo inexistente.

É preciso fluir e não se opor,
e na harmonia plena da união
florescem os campos do amor,
pra que a vida não seja em vão.

Deitar contigo e sentir teu peito,
Sentir teu cheiro no meu travesseiro,
tudo isso me invoca ao preceito
de um sentimento puro e verdadeiro.


Quando perco o chão,
quando já não sei com que causa bate,
o meu perdido coração.

O amor me invade
e depois do teu beijo ardido...

todo o resto começa fazer sentido.


Maurício Tovar Junior